Sashimi de sapo

Esta é a iguaria corporativa da atualidade e dez entre dez pessoas a saboreiam diariamente em proporções diferentes e sem querer, já que engolir o sapo inteiro fica mais difícil.

CF_AmbienteO sashimi de sapo  é um daqueles pratos do cardápio que ninguém pede, que parece que está lá só para fazer volume. Quem já comeu, não quer repetir e não indica.

O gosto do sashimi de sapo não é bom e não melhora com o tempo. As pessoas não oferecem o sashimi de sapo para você. Elas o forçam a engolir.

Quando coloca o sashimi de sapo na boca mesmo que involuntariamente, ela se enche de saliva, engrossando a boca. A língua endurece e aquela mísera fatia parece que é do tamanho de uma fatia de melancia. Não é uma iguaria (por mais que seja exótica) muito fácil de comer.

Ao tentar engolir o sapo, quero dizer, o sashimi, provavelmente passarão milhares de coisas na sua cabeça (em uma fração de milissegundos) que você gostaria de dizer – tanto boas, quanto ruins – para expressar tamanha “gratidão” para quem lhe deu o sapo, sem falar nos possíveis desdobramentos que poderiam ocorrer na sua vida caso externe o pensamento naquele momento.

Gritos e alteração de tom de voz é só o começo. Você não fala nada e ativa o autocontrole que nem sabia que existia. Fica imaginando o que falar, o que fazer e como sair daquela situação. Nada fácil.  Onde foi que errou? Por que a resposta não foi igual à resposta anterior deste mesmo problema? O que mudou? Dia novo, sapo novo.

Não dá para viver no mundo corporativo sem experimentar um sapinho, cru, cortado, grelhado, molho madeira, espetinho, enfim, de acordo com o gosto do freguês. Vai ter que engolir, não tem jeito. Pede molho shoyu versão light, pelo menos.

 

Pense nisto.

Sobre BIZZETTO, Marco Aurelio

Marco Aurélio BIZZETTO acredita que o mundo pode ser bem melhor se focarmos novamente nas pessoas, em suas competências e principalmente suas diferenças. É administrador de empresas, especialista em Psicologia Oganizacional e MBA em Gestão de Projetos pela POLI-USP. Professional e Executive Coach pela SBC.
Esta entrada foi publicada em CF Gestão, CF Liderança. ligação permanente.